quinta-feira, agosto 25, 2011

A Estação Oriental do Saldanha


Uma das coisas que me irrita quando apanho o metro até ao Campo Pequeno, é ter de mudar de linha duas vezes, apesar do percurso ser relativamente curto.


Foi por isso que no "regresso a casa", decidi apanhar a linha vermelha no Saldanha e mudar apenas uma vez de linha, na Alameda.

Nunca tinha descido até à "Estação Oriental do Saldanha" e foi uma decisão feliz. Encontrei um espaço muito agradável, com frases e desenhos (muito Almada...), que chamam a atenção ao transeunte mais distraído. como esta que fotografei...

7 comentários:

  1. Uso-a muito e nunca me canso!

    ResponderEliminar
  2. O facto de realçares esta frase, não a transforma numa utopia, Luis?
    ;)

    ResponderEliminar
  3. Vou pouco a Lisboa e não conheço mais de metade das estações de metro.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. se não a praticarmos, é, de certeza, Bartolomeu. :)

    ResponderEliminar
  6. as novas são quase todas giras, Elvira.

    ResponderEliminar