quinta-feira, janeiro 13, 2011

Afinal são Namorados...

Quando me preparava para sair de casa e levar a minha filhota à escola ela olhou a janela e disse-me:

- Está nevoeiro.
- Pois está. - respondi eu, acrescentando - e humidade.
- Não sabes que sempre que está nevoeiro, há humidade?
- Sei, eles até são primos.
- Não são nada, são namorados.
- Namorados? Boa.
Para acabar a conversa, ofereceu-me um sorriso daqueles óptimos para começar o dia.

Estamos sempre a aprender, especialmente com as crianças. E de facto o nevoeiro é masculino e a humidade feminina...
O óleo é de Pere Ventura Júlia.

16 comentários:

  1. Quando a imaginação se prende à inocência. Quase um poema.

    ResponderEliminar
  2. Essa tua filhota tem uma imaginação muito fértil, estou a ver! : ) Aproveita todos os momentos porque eles (os filhos) crescem muito depressa...

    ResponderEliminar
  3. Nós, adultos, é que aprendemos a sorrir. Com os nossos filhos :-)
    Beijos.

    ResponderEliminar
  4. é verdade, a minha filha é muito boa neste género "poético", Helena.

    ResponderEliminar
  5. é verdade, Catarina.

    esperteza não lhe falta.

    ResponderEliminar
  6. não sei se tens filhos, Gábi, se os tiveres, percebes melhor que os dias são muito diferentes uns dos outros.

    ResponderEliminar
  7. felizmente, se não fossem eles, tinhamos menos motivos para sorrir e brincar, Filoxera.

    ResponderEliminar
  8. A menina tem a quem sair...

    ResponderEliminar
  9. Santa Inocencia! As crianças têm uma visão tão bonita das coisas.Às vezes tenho saudades de ter essa visão.

    ResponderEliminar
  10. BOA!

    eu não sabia, mas faz sentido, devem ser mesmo namorados.

    beij

    ResponderEliminar
  11. pois têm, Anita, bonita e inocente.

    ResponderEliminar
  12. foi o que pensei. além de me fazer sorrir, tinha a tal lógica "infantil", muito própria, Piedade.

    ResponderEliminar
  13. Não são nada, são namorados
    Ay que linda.Ojalá defendiaramos siempre como niños nuestros puntos de visto...bien por la menina.
    un beijo

    ResponderEliminar
  14. não, crescemos e "estupidificamos" em muitos aspectos, Momo...

    ResponderEliminar