sábado, janeiro 15, 2011

A Beleza Feminina

Não sei se hoje há mais se há menos "ruídos", sobre a exploração do corpo feminino, que há vinte anos, por exemplo, na publicidade e afins.

E, sinceramente, não estou muito preocupado com isso. O que mudou com toda a certeza foi o o discurso e o gosto "feminista". Hoje as mulheres, mesmo as mais acérrimas defensoras da "superioridade feminina", deixaram de imitar o homem, especialmente no vestir. Não se incomodam de salientar os seus atributos físicos, utilizando-os muitas vezes mesmo como uma "arma".

Outra coisa que também se alterou, foi a forma de olhar para o corpo masculino. Aqui sim, numa aposta muito maior como veiculo publicitário, porque hoje o homem também é um consumidor de produtos de beleza, mesmo sem ser "metrossexual" (o meu amigo Necas tem uma definição óptima para estes "efebos", que só não a publico, para não ferir mentes mais susceptíveis...).

Mesmo assim, continuo a achar que o corpo feminino "vende" muito mais que o masculino, porque é, sem qualquer dúvida, mais belo, mais atraente e mais apelativo que o nosso.
O óleo é de John Nava.

11 comentários:

  1. Eu pessoalmente prefiro um bom corpo... masculino!!!! Mas entendo que o feminino "venda" mais. Também gosto de mulheres muito bonitas - quem não se lembra da beleza de Elizabeth Taylor, ou de Nathalie Wood, ou de Brigitte Bardot, por exemplo. (Ou mesmo de Maria Cavaco Silva.... esta foi mazinha, não foi?!)
    Há-de dizer-nos o que o seu amigo Necas diz sobre os (insuportáveis) metrossexuais, tá bem?

    ResponderEliminar
  2. não posso, é quase "pornográfico", Carol...

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Não acho, e penso que essa será uma preferência masculina.

    ResponderEliminar
  5. e estás no teu direito de achar, Gábi.

    ResponderEliminar
  6. Acho que é verdade que o corpo é cada vez mais utilizado na publicidade, tanto o masculino, como o femininos, e há fotos lindissimas.Há anuncios muito bem concebidos. E vendem!

    ResponderEliminar
  7. É um tema muito complicado. Especialmente na publicidade. Há fronteiras que a criatividade e o bom senso não devem ultrapassar. Nomedamente numa época de grande manipulação técnica do corpo. Trabalhei em publiciddae e sei que o que hoje se expõe em publicidade, tem pouco, muito pouco a ver com a relidade. Depois temos os transtornos adolescentes e outras coisas mais, complicadas de gerir...tema com pano para mangas

    ResponderEliminar
  8. eu discordo, mas quem sou eu?!

    o corpo masculino é também muito atractivo, mas, por vários factores o da mulher "vende" mais eu acho que é apenas mais uma manobra de marketing.

    eu acho....

    beij

    ResponderEliminar
  9. nem queria ir por ai, Georges Sand, pela manipulação, pelo tira daqui e mete dali...

    ResponderEliminar
  10. é normal que vocês discordem, Piedade.

    apenas deixei aqui a minha visão, que será sempre masculina.

    ResponderEliminar