quinta-feira, dezembro 23, 2010

Natal Chique


NATAL CHIQUE

Percorro o dia, que esmorece
Nas ruas cheias de rumor;
Minha alma vã desaparece
Na muita pressa e pouco amor.

Hoje é Natal. Comprei um anjo,
Dos que anunciam no jornal;
Mas houve um etéreo desarranjo
E o efeito em casa saiu mal.

Valeu-me um príncipe esfarrapado
A quem dão coroas no meio disto,
Um moço doente, desanimado…
Só esse pobre me pareceu Cristo.

Vitorino Nemésio

O óleo é de Rob Miliken.

10 comentários:

  1. não conhecia este poema do Vitorino Nemésio.

    sorri...

    um bom Natal para ti.

    um beij

    ResponderEliminar
  2. Gosto de Nemésio como prosador mas este poema é lindo...

    Abraço natalício

    ResponderEliminar
  3. Meu querido Professor Vitorino Nemésio! Era um professor maravilhoso! Completamente "despassarado", mas um doce, de uma sensibilidade! Como está à vista na sua poesia. Como estava à vista no seu programa "Se bem me lembro..." Mas, nessa altura, se calhar, o Luís ainda não era nascido...
    Bom Natal (chique)...

    ResponderEliminar
  4. Grande figura, Nemésio!

    Os meus desejos de que passes um Natal Feliz, na companhia dos que te são queridos.
    Eu ando ausente destas andanças mas, de quando em vez, cruzamo-nos noutro local...

    Beijinho, Luis.

    ResponderEliminar
  5. Votos de um Feliz Natal, Luís... e um bocadinho de nada chique, por que não? ;-D

    ResponderEliminar
  6. feliz natal, querido luís!

    ResponderEliminar
  7. Olá parabéns pelo trabalho e pelo blog. Gostaria que visitasse meu blog que é este: informativofolhetimcultural.blogspot.com
    nos siga abraços
    Ass: Magno Oliveira

    ResponderEliminar
  8. espero que o Pai Natal tenha sido bom para todos vós, que passam aqui (os comentam e os que só lêem...

    porque está frio na rua (ui, que gelo...), deixo beijinhos e abraços para todos.

    ResponderEliminar