segunda-feira, março 08, 2010

As Flores e as Mulheres

Acho que todos os homens sabem que as mulheres gostam de flores, mesmo os distraídos.

Mas acho uma banalidade oferecer flores no dia 8 de Março às mulheres que amamos, tal como no dia do seu aniversário.
Bonito seria fazer aquilo que normalmente nos esquecemos, de oferecer flores num dia qualquer do calendário das nossas vidas, apenas porque sim, apenas porque nos deu um impulso dos bons e não porque alguém determinou que é hoje, esse dia...
Só que este mundo está longe de ser um lugar perfeito e justo. E nós somos tão distraídos...
E continua a ser necessário comemorar-se o Dia da Mulher, com e sem flores...
O óleo é de Gary Kelley. Escolhi-o porque hoje é um dia igual a todos os outros, bom para namorar e oferecer flores.

21 comentários:

  1. Meu amigo, aqui discordo consigo. Só comemorarei este dia no dia em que ele ja não for preciso, passo a incongruência, ou quando também se comemorar o dia do Homem.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Com ou sem flores, ainda tem de ser comemorado...

    Beijos, Luís M.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia.
    Nossa, que lindo o seu espaço. Vou dar uma espiada com mais calma.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa semana para você.
    Saudações Florestais !

    ResponderEliminar
  4. É como o Natal, pode ser todos os dias! :-))

    Abeaço

    ResponderEliminar
  5. Oi!!

    Passei pra conhecer seu blog, e desejar boa semana

    bjs

    aguardo sua visita :)

    ResponderEliminar
  6. gosto muito do óleo e das palavras. um beijinho, todos os dias, luís.

    ResponderEliminar
  7. Não precisamos de flores para ir à Luta! Mas continua a ser preciso ir à LUTA... por isso comemoro os 100 anos em que foi proclamado este dia como o Dia Internacional da Mulher. Que luta por um mundo mais justo e igualitário.

    Beijinho, Luís.

    ResponderEliminar
  8. E eu posso saber por que são tão distraídos e esquecidos? ! : ) Creio que se trata mais de uma desculpa do que outra coisa qualquer!

    ResponderEliminar
  9. mas esse dia ainda está distante, Helena.

    parece que regredimos, em muitos aspectos.

    ResponderEliminar
  10. pois tem, M. Maria Maio...

    infelizmente.

    ResponderEliminar
  11. boa tarde, Silvana.

    bem vinda ao Largo.

    ResponderEliminar
  12. sim, haja vontade de olhar com olhos de ver, Rosa...

    ResponderEliminar
  13. todos os dias, Alice, para ti também.

    ResponderEliminar
  14. tens toda a razão, Maria.

    100 anos não foram suficientes para que a igualdade e a justiça vingassem.

    aliás, já viveram dias melhores...

    ResponderEliminar
  15. só posso falar por mim, Catarina.

    e para mim, considero-as iguais, não preciso de um dia por ano para o que quer que seja...

    ResponderEliminar
  16. pois Luís, eu também acho que dia das mulheres é todos os dias...dos homens. entendo a envolvência histórica e a correlação com a necessidade de o lembrar. oxalá não fosse preciso.

    ______

    beijos

    ResponderEliminar
  17. sim, Maré, mas as coisas continuam complicadas.

    ResponderEliminar
  18. "O óleo é de Gary Kelley. Escolhi-o porque hoje é um dia igual a todos os outros, bom para namorar e oferecer flores."

    É isso, Luís ...

    Flores, sempre (porque sim !)


    Beijo

    ResponderEliminar
  19. sim, Isabel, porque sim, á espera de dias mais iguais e mais justos...

    ResponderEliminar