terça-feira, junho 23, 2015

A Laura Queria Mais...


«Lera demasiados policiais para aceitar uma história destas. A vida não era um filme, muito menos uma telenovela. Era muito mais complexa, difícil de contar em apenas hora e meia.

Será que era tão difícil perceber que se alguém comprava prazer era porque não estava muito interessando em compromissos?
Foi por isso que Nicolau deixou de lhe telefonar e de ser seu cliente.
Pensou que o melhor era cortar o mal pela raiz.

Mas a Laura queria mais. As mulheres querem quase sempre mais que nós.
Falámos pouco da Laura, falámos sim das mulheres que tínhamos desiludido pela vida fora, com razões fortes para nos odiarem. E que sim, o amor tem mesmo medidas, ambos estávamos certos de que todas aquelas que desfilaram na mesa, amaram-nos pelo menos dez vezes mais que nós.

Por muito cavalheiros que queiramos ser, é impossível sairmos-nos bem quando dizemos que não amamos, pelo menos como devíamos amar, uma donzela que se acha terrivelmente apaixonada.

Nunca mais temos direito a perdão. Mesmo que nos voltemos a encontrar uns anos mais tarde num lar de velhinhos.»

A fotografia é de Helmut Newton.

2 comentários:

  1. pois é!
    texto muito pertinente mesmo!
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O amor é uma caixa de surpresas, armadilhada, Piedade. :)

      Eliminar