domingo, março 04, 2018

A Importância (ou não) dos Dias...


De há uns tempos para cá noto que algumas pessoas antecipam as datas de comemorações importantes, quase sempre apenas por conveniências próprias. Fico com a sensação de que estão com medo de que as suas iniciativas acabem por ser um fracasso, graças à provável "concorrência" nos dias festivos...

Um desses exemplos é comemoração do Dia Internacional da Mulher em Almada, pela União de Juntas Urbanas. Há pelo menos três anos que esta data é antecipada.

Este ano também reparo que se está a preparar uma homenagem a Alexandre Castanheira (por algumas associações almadenses, inclusive as a que pertenço...), que terá lugar a 17 de Março e onde se publicita o Dia Mundial da Poesia. 

Não sei de quem partiu a ideia, mas não me parece muito inteligente esta antecipação, porque uma coisa é o Dia Mundial da Poesia, outra é uma homenagem a Alexandre Castanheira, que nos deixou este ano, que entre outras coisas, foi um grande poeta de Almada.

Por este andar, e com esta nova filosofia, qualquer dia começamos a festejar os nossos aniversários, quando nos apetecer...

(Fotografia de Luís Eme)

6 comentários:

  1. Não tem lógica. Aqui, que eu saiba ainda não chegou essa moda.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Luís, isso está a acontecer muito, sim, por causa do receio de não se ter público.
    A vivência da "festa" e o próprio conceito, tem vindo a sofrer alterações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas continuo a não entender, Isabel.

      Eliminar
  3. As instituições querem ser as primeiras a lembrar a comemoração... Só assim se entende.
    Uma boa semana, Luís.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso, Graça, "feiras de vaidades" antecipadas.

      Eliminar