quinta-feira, novembro 19, 2015

Viagens Quase Paralelas


Um homem abandonado e uma mulher em fuga, foram apanhados no meio de uma discussão, apenas porque estavam no lugar errado à hora errada.

Alheios ao que se estava a passar, limitaram-se a trocar olhares e a encolher os ombros na velha estação de comboios.

Quando as coisas começaram a acalmar já se tinham distanciado da confusão e partido, cada um para seu lado. 

Ambos partiam da mesma cidade, mas com destinos diferentes. 

Instalados nas carruagens mostravam o quanto é diferente um homem de uma mulher. Ele pegara num livro e já estava noutro lugar qualquer, mas ela, como quase todas as mulheres, continuava à janela da carruagem, à espera de um final...

A fotografia é de Marcel Bovis (quando não há assunto inventa-se, a partir de uma imagem...).

2 comentários:

  1. Será? Todas as mulheres, não será generalizar demais?
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já acrescentei um quase, Elvira. :)

      Eliminar