terça-feira, novembro 03, 2009

Há Qualquer Coisa Aqui...

Para muitos portugueses a única forma de serem valorizados profissionalmente e de ganhar algum dinheiro, é saírem do país. Onde se nota mais este aspecto é na investigação científica, praticamente inexistente entre nós.

Há ainda outros casos de "desamor", como o de José Saramago ou de Maria João Pires, capazes de inventar desculpas nem sempre convincentes para a sua mudança de morada...
Não sei se sou eu que sou diferente (tal como muitos amigos com quem já falei do assunto), porque embora saiba que o nosso país é farto em incompetência e corrupção, que ganhamos mal, temos uma saúde, uma educação e uma justiça, que por muitas estatísticas que se inventem, estão bem na cauda da Europa, se estiver quinze dias fora, começo logo a sentir saudades...
Há qualquer coisa aqui, que os outros países não têm, e não é apenas o Sol, o Mar e a luminosidade...

15 comentários:

  1. É porque este país, é o único que é nosso.

    ResponderEliminar
  2. Entre uns e outros me encontro. Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Ha' um que... que so a nossa casa tem... tambem sentimos o mesmo em relacao ao Brasil... principalmente porque tivemos que sair mundo afora... :o)
    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    ResponderEliminar
  4. há ,de facto ,qualquer coisa aqui
    que não é fado ,nem fé ,nem futebol ... somos NÓS



    .
    um beijo

    ResponderEliminar
  5. É isso mesmo!
    É a nossa casa, a nossa língua, são as nossas raízes, é a tolerância que, infelizmente, pode ser um pau de dois bicos,é...sei lá!
    Tanta coisa!

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Reconhecemos a terra como os meninos reconhecem as mães pelo cheiro. Nada do que é melhor o é se não for também nosso.
    ~CC~

    ResponderEliminar
  7. se somos 50% material genético e o restante a representação do meio onde estamos inseridos, o nosso eu identitário é muito daqui, dizem os entendidos. eu acredito que é a Luz de facto, e o Mar...essa amarra líquida que nos redime o olhar.

    _____

    beijos Luís

    ResponderEliminar
  8. sim, só pode ser, Patti...

    ResponderEliminar
  9. eu encontro-me mais aqui, Helena...

    ResponderEliminar
  10. claro, Carmem, são as nossas raízes...

    ResponderEliminar
  11. pois somos, Gabriela. mas acho que estamos a perder qualidades...

    ResponderEliminar
  12. sim, os cheiros, o vento, o mar, tanta coisa, CC...

    ResponderEliminar
  13. a luz, o mar, os campos, os rios, tanta coisa diferente e igual, Maré...

    ResponderEliminar