sexta-feira, maio 15, 2015

Um País de Pernas para o Ar


Os últimos episódios violentos com adolescentes (um video viral com agressões e a morte de um miúdo de catorze anos por outro de dezassete, com sinais de violência indescritíveis...)  são a melhor prova de que está tudo a ficar de pernas para o ar.

Embora os políticos continuem a dizer que o país está melhor, assiste-se diariamente a uma sociedade entre a "depressão" e a "explosão", sem trabalho, sem dinheiro e a fugir cada vez mais da razão. 

As pessoas já perceberam há muito que não podem acreditar em ninguém, especialmente nos governantes. Mas em vez de lutarem pelos seus direitos e pela mudança, baixam a cabeça, cobardemente.

E é por sermos um país de cobardes, que normalmente a raiva que as pessoas vão acumulando é descarregada em cima dos elementos mais fracos e desprotegidos da sociedade (mulheres, crianças e idosos).

De quem é a culpa? Só pode ser de todos nós. De quem está no "palco" e acha que pode fazer tudo e mais alguma coisa, e também de quem se demite das suas responsabilidades e fica sentadinho na "plateia" a assistir ao  espectáculo, como se não fosse nada com ele.

8 comentários:

  1. Completamente de acordo, amigo Luís! Tudo isto é maus de mais! Mau de mais! Assustador. O país está violento. O único valor que resta a esta gentalha é o dinheiro. Mau de mais!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tem de se acabar com este "vale tudo", mas não sei se o Costa é o homem das mudanças, Graça...

      Eliminar
  2. Absolutamente de acordo.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Elvira, espero que esteja tudo bem.

      Eliminar
  3. É a tremenda voz de um país calado...
    Um abraço, Luís.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, Graça, que só fala em "eco"...

      Eliminar
  4. Diz-se que o povo tem os governantes que merece. Mas, independentemente de tudo preocupa-me esta sociedade e esta violência gratuita.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso é uma treta, Rita.

      tem quem votou neles. e os outros?

      Eliminar