quinta-feira, fevereiro 04, 2016

Uma Memória Deliciosa


Hoje lembrei-me de ti, ao ver um casal de pequenotes a caminhar na rua, ele a fingir dar-lhe pouca confiança e ela a não parar de o perseguir e de se meter com ele.

Sorri para dentro de mim, ao lembrar-me que também não queria que me desses a mão quando andávamos os dois na rua. Só o podíamos fazer no quintal do nosso prédio. Como se ter uma namorada em tão tenra idade fosse tudo menos um motivo de orgulho...

Foi quando pensei que nós homens e mulheres, andamos por cá há já tantos anos (uns bons milhares...) e ainda não aprendemos a lidar com as nossas diferenças, e a amar com naturalidade...

(Óleo de Dima Dimitriev)

4 comentários:

  1. Tão verdade, as palavras e a imagem.

    abraço (e bom carnaval)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos uns "bichos" esquisitos, Rita. :)

      Eliminar
  2. Uma grande verdade.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Damos voltas a mais aos amores, Elvira. :)

      Eliminar