sexta-feira, fevereiro 26, 2016

Uma Bela Maneira de Chegar a Sexta-Feira


Os cabelos brancos são apenas um sintoma, de que já vivemos há algum tempo por aqui, de que já conhecemos os outros um bocado bom. Muitas vezes até mais do que queríamos... 

Talvez seja por isso que começamos a sentir quase o mesmo prazer em dizer não e sim.

O mais curioso é nem sequer precisarmos de ser cínicos ou hipócritas, com a mesma medida de quem faz da vida um oficio de fingimento. Pena serem tão maus actores, caso contrário poderiam ter futuro na arte de talma...

Foi isso mesmo. Hoje gostei de dizer não. Seguido de um «não quero e não me apetece.» E gostei também do ar de espanto que provoquei...

Que bela maneira de chegar à sexta-feira.

(Óleo de Juan Carlos Liberti)

16 comentários:

  1. Nem mais!
    Levei algum tempo a tentar agradar os outros e ficando sempre para segundo plano.
    Cansei! Agora também digo não pensando não, e sim pensando sim.
    Bom fim de semana.
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo uma questão de prática, Piedade. :)

      Eliminar
  2. Assíduo leitor pelo gosto da (sua) escrita - bem haja...

    ResponderEliminar
  3. Dizer não também é importante. Às vezes é o melhor remédio para nos evitar maus bocados.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que é, Elvira. Evita-se tanta chatice...

      Eliminar
  4. o óleo é fantástico, Luís.
    e arte de dizer não (que se aprende com a idade) também. :)

    bom fds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, e sabe bem, Laura. :)

      Eliminar
  5. A idade tem isso de bom, há um certo egoísmo saudável e dizer que "não" faz parte. Principalmente dizer que "não" e não nos custar :) nem existir qualquer remorso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas vezes não é egoísmo, é sentido prático da vida (não sei como te chamar).:)

      Eliminar
    2. Não precisas de chamar nada ou simplesmente podes chamar o que te apetecer :)) a piada é essa :)

      Eliminar
    3. Está bem. Vou pensar num nome que te fique bem. :)

      Eliminar
  6. Se dizer 'Não' é uma arte que se aprende com a idade, então eu sempre tive cabelos brancos!
    Fui sempre incapaz de dizer 'Sim' se quisesse dizer 'Não'...Isso do socialmente correcto nunca casou bem comigo. Sem ferir susceptibilidades, claro...que há muitas formas de dizer 'Não', ficando de bem connosco e com os outros...mas, sobretudo, connosco!
    O quadro sugere um belo bailado de cor e luz (teatral):)

    Bom fim de semana, Luís!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não. Engoli alguns "sapos" por causa disso, Janita. :)

      Eliminar
  7. Luís, não me lembro de ter problemas em dizer não, apesar de muitas vezes perceber o incómodo do outro lado.
    Não faço fretes. Abomino. Acho que em primeiro lugar é uma falta de respeito para connosco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há várias situações com as quais somos confrontados que nos deixam muitas vezes sem saber o que dizer, Isabel. E é sempre mais confortável dizer sim que não.

      E não se tratam de fretes. Muitas vezes é mais deixarmos-nos "enrolar" pelas situações e pelas personagens...

      Eliminar