segunda-feira, outubro 05, 2015

Um Dia Depois do Outro


Estava ali junto ao cais, quase a ver as pessoas passarem, a fazer tempo, porque isto de acordar cedo tem que se lhe diga.

Pensava que ia estar mais chateado nesta manhã quase sombria. Pela ausência de Sol e de futuro (acredito pouco na capacidade desta gente em fazer as reformas que o país precisa, há pelo menos dez anos. é mais fácil continuar a cortar nos ordenados, nas reformas e a aumentar impostos...).

Lembrei-me do Gui, que não deve ter votado lá nos "brasis", que sempre foi mais "neo-realista" que eu e me dizia, sempre que apanhávamos um vigarista pela frente (e apanhámos muitos...): «Não sejas anjinho, quem mente mais e de forma mais convincente é que ganha nos dias de hoje.»

Claro que podemos continuar a "remar contra a maré", a achar que esta "gente não é do nosso reino", mas a realidade e as sondagens (que influenciam sobretudo aqueles que gostam de estar do lado dos vencedores) dizem-nos que é delas que o "povão" gosta e vota.

Sei que hoje durante o almoço vamos dizer mal dos políticos do bloco central, ao mesmo tempo que respiramos de alívio e acrescentamos que os gajos perderam, e bem, no nosso distrito. Mas Setúbal não é uma ilha...

O óleo é de Charles Walter Simpson.

8 comentários:

  1. Efectivamente hoje é um dia tão sombrio que nem o cavaco o quis comemorar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é outra parte para esquecer, a existência da "Múmia Presidencial", Severino...

      Eliminar
  2. Mais uma vez aconteceu o que é costume. Quem ganhou foi a abstenção. Não consigo entender como as pessoas levam 4 anos em manifestações contra o governo, e quando podem fazer valer o seu desagrado, ficam sentados no sofá, vão ao futebol, ao cinema, onde quer que seja menos às urnas. Dentro de meia dúzia de meses andam outra vez na rua em manifes.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, incompreensível, Elvira.

      Eliminar
  3. Pois é, mais do mesmo. Ainda não percebi se é medo ou "burrice" mas seja o que for não é bom.

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devem ser as duas coisas juntas, Rita...

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Esperar o quê, Piedade?

      É a segunda parte do mesmo filme...

      Eliminar