sábado, setembro 09, 2017

Aproveitar o Vento no Tejo...

Bebi café, comprei o jornal e fui andar.

O vento "empurrou-me" até ao miradouro da Boca do Vento.

Olhei o Ginjal e descobri mais que um motivo de interesse. Percebi que tinha de descer... Não as escadas ("trancadas" por uma grade metálica há uma eternidade...), mas a estrada quase íngreme para o Olho de Boi.

Já na Fonte da Pipa, aproveitei a maré baixa para tirar fotografias repetidas.

Mas o cenário na Praia das Lavadeiras era novo. Além da praia com ondas e bastante areia havia também duas barcas fundeadas, bem aproveitadas em ângulos e lugares diferentes.

E já no regresso a Cacilhas, descubro quase uma regata de navegadores, capazes de dançar com a música e o sopro do vento.

(Fotografia de Luís Eme) 

2 comentários:

  1. E chegou a casa com a "alma lavada" pelo passeio.
    Bonita foto.
    Um abraço

    ResponderEliminar