terça-feira, agosto 12, 2014

Robin Williams (1951 - 2014)


Robin Williams deixou-nos ontem, provavelmente cansado desta coisa que é viver.

Não nasceu com um rosto ou um corpo que fizessem dele um candidato a galã de cinema, não lhe deixando outra alternativa, que não fosse socorrer-se do seu grande talento e graça natural frente às câmaras, que o transformariam num dos melhores actores do cinema americano.

O professor do "Clube dos Poetas Mortos", o radialista de "Bom Dia Vietname" ou o médico de "O Bom Rebelde" (onde ganhou o seu único Óscar), são apenas três dos muitos papeis inesquecíveis que nos ofereceu, graças à densidade dramática e ao humanismo que oferecia em cada personagem que interpretava.

10 comentários: