quarta-feira, julho 09, 2008

Um Beijo Especial Entre Brasil e Portugal

Não faço ideia que repercussão terá tido esta capa da "Ilustração Portugueza", numa homenagem original, ao feito de Gago Coutinho e Sacadura Cabral, quando fizeram a primeira travessia aérea no Atlântico Sul, entre Lisboa e o Rio de Janeiro, em 1922.
Também não sei de quem terá sido a autoria deste beijo (desenho), aparentemente, apaixonado entre duas damas, embora Brasil e Portugal, sejam palavras mais do género masculino...
Mas que é uma bela capa, é, sim senhor, cheia de simbolismo...

16 comentários:

  1. Sem dúvida deveras original e despudorada para a época. Embora ao contrário do que se possa pensar, apesar de hoje serem mais visiveis as questões do corpo, as cabeças não estão mais libertas do que nesse tempo. Aliás na Antiga Grécia a liberdade do corpo era muitissimo maior do que hoje, o que sempre me fez pensar que viemos a regredir em termos de naturalidade de aceitação das variantes sexuais.
    Bjs
    TD

    ResponderEliminar
  2. Esta capa é um tesouro! Agora os comentários na época, não sei, mas fico curiosa...

    Beijos, Luís M.

    ResponderEliminar
  3. Hmmm...

    simbolismo, sim senhor.

    e lembra que a imagem da Républica era, também, uma bela senhora desnuda de seio.

    quem sabe, o princípio do fim do preconceito. Teve que começar de alguma maneira... digo eu.

    estávamos no princípio do feminismo em Portugal, com as mulheres a reinvindicarem o direito à educação, ao voto, etc.

    um abraço para ti

    maré

    ResponderEliminar
  4. o meu abraço...de cá....para aqui....



    descalça...sobre a areia. da ternuar.

    ResponderEliminar
  5. também acho a capa, espectacular!

    beij

    ResponderEliminar
  6. É de facto original e bem ousada para esses tempos de pudores públicos...

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Caro Luís
    cheguei ao teu sítio por indicação de um leitor de meu marido, que também é jornalista e também é Luís. Se quiseres conhecer seu trabalho cá no Brasil, o endereço é http://www.luisnassif.com.br

    Gostei muito do teu espaço e, ainda que sem tua prévia autorização, tratei de divulgá-lo a colegas da blogosfera.

    Também dou meus passeios pelos versos, pela prosa: brinco um pouco de ser escritora e deixo-te outro convite, o de conhecer o meu blog, http://versoeprosa.wordpress.com

    Ainda um terceiro convite, que é para que venhas conhecer a Comunidade que temos para os amantes de Verso e Prosa. Há teus conterrâneos lá -- e tantos que estamos, os brasileiros, a abolir o uso do gerúndio e a usar mais a 2a pessoa! Eis o endereço: http://versoeprosa.ning.com

    Vou aos poucos explorar mais teus escritos e, com tua licença, deixar meus comentários.

    Saudações!

    Renata

    ResponderEliminar
  8. Isto deve ter sido um escândalo, na época! Assunto pra mais de metro nas barbearias do país.

    abraços, Luis

    ResponderEliminar
  9. é verdade, Teresa, pelo menos neste campo, ainda há muito caminho a trilhar...

    ResponderEliminar
  10. é um achado, M. Maria Maio...

    ResponderEliminar
  11. e estávamos na Primeira República, Maré...

    apesar dos excessos (politicos), fui uma lufada de ar fresco no nosso país...

    ResponderEliminar
  12. continuação de boas férias, Isabel.

    ResponderEliminar
  13. também é verdade, Rosa...

    se bem que à mulher sempre fossem permitidos "abusos" deste género pela sociedade.

    ResponderEliminar
  14. bem aprecida, Renata.

    logo que possa visito os vossos lugares com mais tempo e atenção.

    ResponderEliminar